Bienal de Minas – Uma drag queen no mundo Geek

Começando a maratona de posts (atrasados) da Bienal…

No sábado, 23, rolou uma das atividades mais esperadas do Espaço Geek & Quadrinhos. A youtuber Lorelay Fox, que hoje conta com mais de 130k de assinantes no seu canal Para Tudo, veio diretamente de Sorocaba-SP para conversar com o público da Bienal.

O encontro aconteceu às 11h e foi mediado por Laranja Lima, também youtuber.

IMG_2477

Um dos temas tratados em seus vídeos são as maquiagens – tema que me fez conhecer o canal , já que Danilo, criador da Lorelay tem 11 anos de carreira. Sobrancelhas arqueadas e coloridas, blush, contorno e iluminação marcados e cílios poderosos. Esses são algumas das características do estilo de maquiagem usado por ela.

Com o boom criado pelo seriado americano RuPaul’s Drag Race, de 2009, aqui no Brasil após a entrada do seriado no catálogo da Netflix em 2013, é possível perceber o surgimento de canais no YouTube que tratam de assuntos ligados ao meio.

Caracterizado na maioria dos seus vídeos, Danilo fala de assuntos variados, além da maquiagem, da relação com a família, com outros gays e assuntos NERDs, pois como ele mesmo ressaltou no encontro, assistia Pokemón quando adolescente e hoje em dia é um fã assumido de Hora de Aventura, que era percebido no acessório de cabeça e em alguns bottons que utilizava na bienal.

Em pequena entrevista ao blog, ao melhor estilo Marília Gabriela, pois ela não tinha muito tempo restante em Belo Horizonte, foi possível conhecer um pouco mais dos gostos geeks de Lorelay Fox.

IMG_2483

Thayse Menezes: Quais seu filme favorito de todos os  tempos?
Lorelay Fox: Titanic
TM: Super-heroi(na) favorito?
LF: Nossa, difícil essa… No momento é o Finn (Hora de Aventura), né?
TM: E de quadrinho?
LF: Homem-Aranha, sexy.
TM: Série?
LF: Breaking Bad.
TM: Livro?
LF: Meu livro favorito se chama O Homem que Pensa da Viviane Mosé.
TM: E seu artista visual favorito? (O Danilo desenha muito bem, é possível ver aqui)
LF: O artista que faz as capas do Sandman, Dave McKean.
TM: E seu artista performático?
LF: Difícil essa, heim? Tipo minha drag favorita?
TM: Sim 😀
LF: Essa é bem difícil! Eu acho que é… eu gosto das brasileiras… Nanny People.
TM: Eu vi que você leu livro… (tem vídeo aqui). E o vídeo mais difícil pra produzir? O que você demorou mais tempo para gravar.
LF: Acho que foi os bastidores do Amor e Sexo, pra editar foi o que mais demorou de todos. Tem uns que demoram muito, mais tempo do que eu gostaria, mas aquele deu bastante trabalho.

TM: E a última pergunta. Qual o de tema mais difícil, o que você pensou muito antes de fazer?
LF: Acho que foi o sobre aceitar a sua família, que a gente tem de aprender a entender as pessoas que não entendem a gente. Acho que esse foi o tema mais difícil que eu tratei.

No final desse vídeo é possível ver a galera que foi vê-la na Bienal

Lorelay acaba de lançar seu primeiro livro, onde revisitou a história da Branca de Neve. A publicação, que está em pré-venda, conta com mais quatro autores que recontaram clássicos infantis, recebendo a roupagem LBGTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Over The Rainbow é um livro de conto de fadxs.

Vem aí: 5ª Bienal do Livro de Minas

Fonte: Bienal do Livro de Minas

Desde 2008 o Salão do Livro, que era um evento anual, tornou-se a Bienal do Livro. Além do nome e da frequência, o evento mudou de local: foi da Serraria Souza Pinto, que fica na região central, para o Expominas, que está localizado no bairro Gameleira.

Em 2016, o maior evento literário do estado terá a presença de centenas de autores, em lançamentos de livros e sessões de autógrafos, em seus 10 dias de duração.

A bienal conta com uma programação cultural diversificada, atendendo todos os públicos. Como por exemplo o Conexão Jovem, que receberá autores do gênero YA (young adult – jovem adulto) como os mineiros Paula Pimenta, Bruna Vieira, Isabela Freitas e Padre Fábio de Melo, em bate-papos mediados pelo jornalista Elias Santos. E o Espaço Geek & Quadrinhos, novidade dessa edição, que terá conteúdo para amantes da cultura pop. Além de HQs, o espaço contará com livros de ficção científica, fantasias e sagas, jogos de tabuleiro, RPG e mangás, além de bate-papo com autores, oficinas de quadrinhos, espaço para quadrinhos independentes e muito mais.

O ingresso custa R$12,00 e R$6,00 – inteira e meia, respectivamente. Cada ingresso é válido para um único dia de evento. E já estão disponíveis para compra através do link, mas poderão ser adquiridos nos dias do evento nas bilheterias do Expominas. Há o desconto para quem for de metrô, basta pegar o ticket de desconto com a monitora Bienal que estará na saída da estação Gameleira e apresentá-lo na bilheteria (não é válido para pagamento em cartão) e o visitante pagará R$10,00 no inteira e R$5,00 na meia. Outras informações sobre descontos e gratuidade estão disponíveis no site.

O local conta com praças de alimentação e estacionamento.

V Bienal do Livro de Minas 2016
Recapitulando… do 15 a 24 de Abril de 2016
Onde? Expominas, Avenida Amazonas, 6.030 – Bairro Gameleira | Belo Horizonte, MG
Pra saber mais sobre a programação, horários de funcionamento e outros detalhes acesse o site www.bienaldolivrominas.com.br

Nos encontramos lá! #euAMOler