Eu li: Bear, Bianca Pinheiro

Bianca, carioca que se mudou ainda na infância para o Paraná, começou a publicar no Tumblr a webcomic Bear em 2013. Onde divulga semanalmente o que hoje é possível ver nas edições lançadas em 2014 e 2015 pela Nemo, editora do grupo Autêntica e que lança apenas HQs.

IMG_2395

Com dois volumes publicados, e o terceiro a caminho, Bianca foi anunciada em novembro de 2015 como a mais nova artista a lançar uma graphic MSP, que segundo as redes sociais dela já foi finalizada e entregue. A graphic solo da Mônica sai ainda esse ano.

Mas então o que dizer de Bear?

Leitura do dia #book #hq #booksaddicted

A post shared by thayse 💀 (@menezesthayse) on

Raven é um filhote humano (como a própria Bianca descreve) que perdeu-se no meio da floresta. No caminho acaba encontrando um urso, o Dimas. Ele então decide ajudá-la voltar para casa. Juntos passam por diversas aventuras. No volume 1, eles visitam à Cidade das Charadas.

Raven tem um poder mágico, tudo o que ela desenha ganha vida! E isso pode gerar alguns momentos interessantes.

Mas claro, é possível saber o que aconteceu por lá ao adquirir o livro ou lendo pelo Tumblr.

O trabalho gráfico é excelente, quem lê a versão física tem em mãos uma HQ muito bem impressa, num formato que segue o trabalho publicado pela Bianca um ano antes.

Já na versão virtual o leitor é agraciado com gifs que dão vida aos desenhos da pequena.

Uma das páginas mais bem trabalhadas é a 26, onde há uma interação diferente com o leitor. Veja na próxima imagem.

Fonte: BEAR, webcomic

A comic tem referências claras à jogos de videogame, e algumas piadas que mesmo quem não joga vai entender. O volume 1 pode ser encontrado aqui.