23 livros para ler aos 23

Fonte: We Heart It

A pessoa que vos fala completou 23 anos a poucas semanas. Não sou do tipo que alardeia aniversário, mas é sempre uma data interessante. E pensei: por que não um desafio? Então, decidi ler esses 23 livros nos próximos 350 e poucos dias! Em geral leio mais do que isso em um ano, mas decretei que de 2016/2017 esses não passam.

A lista contém alguns clássicos e alguns livros que basearam filmes (as vezes os dois), além de livros de ciência, pois nunca é demais. Eles andavam na minha wishlist a um bom tempo e a escolha foi randômica. Por isso me surpreendi ao ver que não há livros nacionais (mas há em português e latinos).

Os links abaixo das montagens redirecionam para a página do livro no Skoob, uma rede social brasileira onde é possível marcar, classificar e conhecer livros, autores e editoras, além de poder participar de sorteios. Gosto bastante de plataformas para organização, como é essa. Uso a rede desde 2010 (acho), e me ajuda bastante. Aproveite e crie um perfil lá, e me adicione. {não é jabá, é carinho mesmo!}

Vamos à humilde lista.

1A Mulher do Viajante no Tempo | Cartas a Um Jovem Cientista | Fahrenheit 451 | Pássaros Feridos | Ensaio sobre a cegueira

Te Amarei Para Sempre é um dos meus filmes favoritos e a muito tempo adio a leitura do livro que inspirou o filme. Já Pássaros Feridos é um guilty pleasure, uma minissérie americana/ australiana de 1983 reprisada várias vezes pelo SBT. Numa dessas reprises, lá em 2006, a história me pegou.

Após a lista pronta ver apenas um livro originalmente em português me assustou. Mas o que mais me assustou foi perceber que ainda não li nada do Saramago.

2

O Poderoso Chefão | Contos de Imaginação e Mistério | Laranja Mecânica | Uma Breve História do Tempo | Anna Kariênina

Sou formada em Física e nunca li Stephen Hawking. Muitos cientistas consideram Uma Breve História do Tempo uma obra-prima, será entro pra lista dos que o mantêm como livro de cabeceira?

Já li alguns contos do Poe, mas nunca me aprofundei. Acho que já é hora.

3Carrie, a estranha | Drácula | Persuasão | O Grande Gatsby | Assassinato No Expresso Do Oriente

Sou uma pessoa medrosa, até demais, mas Carrie é um filme que eu consegui ver tranquilamente. Acho que seria uma boa oportunidade de conhecer o trabalho do rei do horror fantástico, Stephen King.

Agatha Christie tem fãs fiéis. Alguns livros dela passaram pela minha mão, mas eu deixei eles pelo caminho. Hora de correr atrás do prejuízo.

4As Virgens Suicidas | Wicked | A Bela e a Adormecida | Ensaios sobre o conceito de cultura | Cem Anos de Solidão

Bauman e Gabo: simplesmente necessário.

5O Sol é Para Todos | Psicose | Veinte Poemas de Amor y Una Canción Desesperada

Um livro em espanhol, porque Neruda no original é uma das melhores coisas da vida!

*As montagens deste post foram feitas com as capas dos livros encontradas em sites de livrarias.

Espero conseguir ler todos que proponho e ainda resenhá-los.

E você, já leu algum desses? Conta pra mim suas impressões aqui nos comentários, vou adorar saber.

Anúncios

Eu li: Bear, Bianca Pinheiro

Bianca, carioca que se mudou ainda na infância para o Paraná, começou a publicar no Tumblr a webcomic Bear em 2013. Onde divulga semanalmente o que hoje é possível ver nas edições lançadas em 2014 e 2015 pela Nemo, editora do grupo Autêntica e que lança apenas HQs.

IMG_2395

Com dois volumes publicados, e o terceiro a caminho, Bianca foi anunciada em novembro de 2015 como a mais nova artista a lançar uma graphic MSP, que segundo as redes sociais dela já foi finalizada e entregue. A graphic solo da Mônica sai ainda esse ano.

Mas então o que dizer de Bear?

Leitura do dia #book #hq #booksaddicted

A post shared by thayse 💭 (@menezesthayse) on

Raven é um filhote humano (como a própria Bianca descreve) que perdeu-se no meio da floresta. No caminho acaba encontrando um urso, o Dimas. Ele então decide ajudá-la voltar para casa. Juntos passam por diversas aventuras. No volume 1, eles visitam à Cidade das Charadas.

Raven tem um poder mágico, tudo o que ela desenha ganha vida! E isso pode gerar alguns momentos interessantes.

Mas claro, é possível saber o que aconteceu por lá ao adquirir o livro ou lendo pelo Tumblr.

O trabalho gráfico é excelente, quem lê a versão física tem em mãos uma HQ muito bem impressa, num formato que segue o trabalho publicado pela Bianca um ano antes.

Já na versão virtual o leitor é agraciado com gifs que dão vida aos desenhos da pequena.

Uma das páginas mais bem trabalhadas é a 26, onde há uma interação diferente com o leitor. Veja na próxima imagem.

Fonte: BEAR, webcomic

A comic tem referências claras à jogos de videogame, e algumas piadas que mesmo quem não joga vai entender. O volume 1 pode ser encontrado aqui.